Salão do Encontro e Ministério Público do Trabalho vão distribuir três mil cestas básicas, em Betim; saiba como se cadastrar

1300
Leia a matéria completa e saiba como se cadastrar. Foto: Salão do Encontro.

A verba obtida pelo MPT, é em reparação pelo rompimento da barragem em Brumadinho, há dois anos

Começou nesta segunda-feira (3), o cadastro para mais uma distribuição de cestas básicas do Salão do encontro, que desta vez teve ganhou o apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT). Esta é a sexta etapa da Campanha de Arrecadação de Alimentos da instituição.

O recurso para compra das cestas foi obtido pelo MPT em acordo de reparação pelo rompimento da barragem em Brumadinho, em janeiro de 2019. No total, R$ 22,5 milhões serão direcionados, nos próximos dias, para atender 18 projetos de combate à fome em Minas Gerais, incluindo o Salão do Encontro. O valor está sob a administração do Comitê Gestor dos Recursos do Dano Moral Social.

“O compromisso do Comitê Gestor, que é integrado por representantes do poder público e da sociedade civil, é dar atenção às necessidades de enfrentamento à Covid-19 que é, sem sombra de dúvida, a emergência mais premente em todos os municípios brasileiros”, enfatizou o coordenador do Grupo Especial de Atuação Finalística que atua no caso do rompimento da barragem em Brumadinho, Geraldo Emediato de Souza.

De acordo com o Salão do Encontro, o MPT doou R$ 722.340 para a compra das cestas básicas, que beneficiará cerca de 12 mil pessoas.

A ação dá continuidade à campanha de arrecadação de alimentos do Salão do Encontro, iniciada em março. As doações começaram no dia 1º de abril. Até o momento, 554 famílias já foram beneficiadas, totalizando cerca de 2 mil pessoas, sendo que a maior parte delas vive com uma renda de no máximo R$ 600.

“O objetivo dessa campanha é prestar assistência em caráter emergencial às famílias betinenses, que se encontram em situação de insegurança alimentar. Queremos contribuir para amenizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19. Agradecemos ao Ministério Público do Trabalho pela parceria nessa iniciativa”, salientou o presidente do Salão do Encontro, Frederico Bicalho.

As famílias que necessitam deverão fazer um cadastro prévio nesta semana, entre os dias 3 e 7 de maio. A equipe da instituição irá fazer uma triagem e selecionar aquelas que estiverem em maior situação de vulnerabilidade social e financeira.

Para se cadastrar há duas formas. Pela internet, por meio do link: https://forms.gle/rEXDqprRYTtazwRq9. Ou presencialmente, das 8h30 às 16h, nas seguintes unidades do Salão do Encontro:

– Matriz: Rua João da Silva Santos, 34, bairro Angola, Betim.

– Filhote: Avenida Juiz Marco Túlio Isaac, 10.100, Laranjeiras, Betim.

É necessário levar RG e comprovante de endereço. Aquelas que já se cadastraram nas etapas anteriores não precisam fazer o registro novamente.

Quero doar, como faço?

Quem tiver interesse em doar alimentos, cestas básicas e itens de higiene e limpeza, podem efetuar a entrega dos produtos nas unidades do Salão do Encontro nos seguintes endereços:

– Betim: Matriz – Rua João da Silva Santos, 34, no bairro Angola. Recebimento: Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

– Belo Horizonte: Unidade do Programa Jovem Independente – Rua Padre Silveira Lobo, 261, São Luiz. Recebimento: Segunda-feira, 9h às 12h; e Quinta-feira, 13h às 17h.

As doações também podem ser feitas em dinheiro pelo PIX: eusousalao@salaodoencontro.org.br, com a especificação “Campanha de arrecadação de alimentos”, e enviar o comprovante para o WhatsApp da instituição: (31) 9 8815-4290 ou pelo e-mail financeiro@salaodoencontro.org.br.

Para obter mais informações, envie um e-mail para contato@salaodoencontro.org.br.

*Estagiária sob supervisão de Sara Lira