Romeu Zema pede ao Ministério de Minas e Energia suspensão da Bandeira Vermelha na conta de luz dos mineiros

1249
Conta de luz da Cemig. Foto: Henrique Sousa/ Gira Betim.

Fortes chuvas que atingiram Minas Gerais nos últimos dias provocaram perdas para população e municípios, e elevaram os níveis dos reservatórios

O governador Romeu Zema enviou, nesta quinta-feira (13/1), ofício ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, solicitando a suspensão da “Bandeira Vermelha de Escassez Hídrica” nas contas de energia elétrica em Minas Gerais devido às fortes chuvas nas últimas semanas.

“Quando a economia mineira ainda tentava se recuperar dos nefastos efeitos da pandemia de covid-19, agravada pela severa crise fiscal que se abate sobre as finanças estaduais, fomos atingidos pela catástrofe causada pela chuva desproporcional dos últimos dias. A solidariedade com os mineiros é emergencial”, afirmou.

Até esta sexta-feira, o boletim diário da Defesa Civil estadual 376 municípios já haviam declarado situação de emergência. As chuvas ainda deixaram 35.815 desalojados, 4.464 desabrigados e 25 mortes diretamente relacionadas às ocorrências, além de milhares de pessoas atingidas direta ou indiretamente pelas inundações.