Prefeitura de Betim apura irregularidades no pagamento de trabalhadores da saúde

34
Foto: Gira Betim.

O documento foi publicado em edição extra do Órgão Oficial do município

O prefeito de Betim, Vittorio Medioli, assinou na tarde desta sexta-feira (19) uma declaração de Inidoneidade do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social – IBDS, que foi responsável pela gestão e operacionalização para funcionamento do Centro Especializado em Covid-19 de Betim (Cecovids – Betim).

De acordo com a prefeitura, desde as primeiras denúncias com relação ao atraso de pagamento dos profissionais de saúde que atuaram no enfrentamento à pandemia do coronavírus, o município instaurou um Processo Administrativo para apurar a postura do IBDS diante dos acertos. 

Em nota a prefeitura afirmou que, “com isso a entidade fica impedida de firmar contratos ou qualquer tipo de parceria com o poder público em todas as esferas até que se consolide a regularização dos pagamentos aos profissionais contratados no âmbito da parceria junto ao município de Betim.”

“A Prefeitura de Betim reafirma que realizou, em dia,  todos os repasses financeiros para o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social (IBDS), abarcando inclusive, os valores referentes ao quadro de recursos humanos. O município cumpriu todas as suas obrigações contratuais com o IBDS, garantindo os repasses no valor correto, em concordância com a documentação encaminhada pela própria entidade. Não há falta de repasses por parte da prefeitura.” declarou o executivo municipal.

*Estagiária sob supervisão de Sara Lira