Prédio colapsado em Betim não tem previsão para ser demolido

1278

As equipes da Defesa Civil e da empresa contratada para conduzir a demolição, aguardam a confirmação da Justiça para ter uma previsão de quando os trabalhos poderão ser iniciados

A Prefeitura de Betim informou por meio de nota, na manhã desta segunda-feira (23), que a construtora responsável pelo prédio parcialmente tombado em Betim, Abrahim Hamza Construções Eireli, ainda não foi notificada sobre a decisão judicial movida pela Prefeitura.

Após a notificação, a construtora terá até 24 horas para cumprir a decisão de alojar as vítimas, providenciar laudo e, se necessário, conduzir a demolição. Caso a empresa não se manifeste, o executivo irá assumir os custos da operação de demolição do prédio e os repassará à construtora.