Polícia Civil identifica mais um corpo, vítima da tragédia em Brumadinho

1374
Buscas em Brumadinho, na área onde a barragem se rompeu. Foto: CBMMG/ Divulgação.

Número de desaparecidos caiu para 13. Trabalho de buscas continua

A Polícia Civil identificou, na noite desta segunda-feira (2) mais um corpo, vítima do rompimento da barragem B1, da Vale, em Córrego do Feijão, em Brumadinho, no dia 25 de janeiro. Max Elias de Medeiros, de 37 anos, era funcionário da Vale. De acordo com informações da instituição, os restos mortais do homem chegaram ao Instituto Médico Legal no dia 11 de novembro. De lá seguiram para o Instituto de Criminalística, para utilização de outros métodos para identificação.

Agora, o número de desaparecidos baixou para 13. O trabalho de buscas feito pelo Corpo de Bombeiros continua diariamente. Até o momento já foram identificadas 257 vítimas. A tragédia completa 11 meses no dia 25 de dezembro.