Homem que amordaçou e estuprou adolescente é preso em Betim

1326
O suspeito foi preso após ser reconhecido pela vítima. Reprodução: PCMG

O crime ocorreu em 2008, porém a polícia só conseguiu prender o suspeito na última sexta-feira (24/9). A Polícia Civil só divulgou o caso na manhã desta terça-feira (28)

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu preventivamente na última sexta-feira (24/9), um homem de 55 anos suspeito de ter invadido uma casa em 2008 e abusado sexualmente de uma adolescente de 14 anos, em Betim.

“A adolescente foi surpreendida pelo homem, que a amordaçou na cama dos pais dela e a constrangeu à conjunção carnal mediante ameaças e violência, além de outros atos libidinosos. Antes de fugir, o homem levou o celular da vítima e um dinheiro que estava na casa”, relata a delegada Ariadne Elloise Coelho.

Após o ato de violência, a adolescente, que era virgem, recebeu atendimento médico, onde se constatou o rompimento do hímen. Na época a Polícia Civil iniciou as investigações, conduzidas pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Betim (Deam), mas não encontraram o autor e o caso foi arquivado em 2017.

Porém no início deste ano a vítima se deparou com seu agressor na rua e o reconheceu, em seguida o inquérito policial foi desarquivado e uma nova investigação foi iniciada. “Nós formalizamos o auto de reconhecimento do investigado, que compareceu à delegacia, mas que em interrogatório negou os fatos”, explica a delegada.

Dias depois, a mulher encontrou novamente com o suspeito na rua e afirmou para a polícia que sofreu ameaças. A Polícia Civil solicitou então à Justiça o mandado de prisão preventiva, que foi deferido e cumprido na última semana. “Importante ressaltar que nos registros criminais do suspeito consta também prisão em flagrante em 2001 pelo antigo e revogado crime de atentado violento ao pudor”, conclui Ariadne.

O Ministério Público já denunciou o investigado, que será encaminhado ao sistema prisional.