Homem é preso por matar e ocultar corpo de mulher em matagal, em Betim

1316
Foto: Divulgação PCMG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, no último dia (9) um homem, de 58 anos, que estava foragido, suspeito de envolvimento na morte de uma mulher, em Betim. De acordo com os policiais, o crime ocorreu em dezembro de 2017, no Nossa Senhora das Graças, bairro em que ele e a vítima moravam.

O acusado foi localizado e detido em uma praça, na cidade de Conceição do Rio Verde, Sul de Minas. Conforme as apurações, a mulher era vizinha do suspeito e mantinha um relacionamento amoroso com ele. Porém, segundo relatos de algumas testemunhas, a vítima decidiu colocar fim na relação, mas o suspeito não aceitava.

Após a prisão, o suspeito confessou o crime e detalhou que teria batido com um prato no rosto da vítima depois de recebido um tapa na cara, com isso, a mulher acabou caindo e bateu a cabeça no chão, o que pode ter provocado a morte dela. Para ocultar o crime, o homem deixou o corpo da mulher em um terreno baldio, próximo às casas em que eles morava, e fugiu.

Com as informações, os policiais realizaram buscas no local informado, e se depararam com uma ossada, possivelmente da vítima. Agora, a PCMG aguarda o reconhecimento oficial do corpo, por meio de exames periciais. O inquérito está em fase de conclusão.

Investigações

As investigações iniciaram após a filha da vítima procurar a polícia para relatar o desaparecimento da mãe, no dia 11 de dezembro de 2017.  Diante disso, o suspeito deixou a casa em que morava sem informar a ninguém sobre a mudança, o que causou estranheza na família da mulher, que informou o fato aos policiais da 8ª Delegacia Especializada de Homicídios em Betim. Por meio de levantamentos, a polícia verificou que a última ligação recebida pela vítima teria partido do suspeito, o que aumentou a suspeição sobre a autoria do crime.