Dupla Ana Patrícia, que iniciou em Betim, e Rebecca começam trajetória com resultado positivo no vôlei de praia

1439
Ana Patrícia (à direita), que começou a jogar em Betim, e a dupla Rebecca iniciaram com vitória nas Olimpíadas de Tokio. Foto: Miriam Jeske/ COB.

Atletas venceram time queniano por dois sets a zero 

O vôlei de praia brasileiro segue com 100% de aproveitamento nesta edição do maior evento esportivo do planeta. Na noite deste domingo (25), já entrando na madrugada de segunda (26), Ana Patrícia – que começou a trajetória no projeto Viva o Esporte, da prefeitura de Betim, e a dupla Rebecca estrearam em Tóquio com bom resultado sobre as quenianas Makokha e Khadambi. As brasileiras venceram por 2 sets a 0 (21/15 e 21/9).

Sem enfrentar muitas dificuldades, a dupla do Brasil encerrou a participação no primeiro compromisso recebendo elogios do técnico Reis Castro, que destacou o fato desse time ser o único a contar com duas estreantes em uma edição de Jogos Olímpicos.

“Esse primeiro jogo entrou na nossa programação para tirarmos esse peso da estreia, pois o meu time é o único dos times do Brasil que as duas ainda não havia jogado dentro de uma arena olímpica”, disse Reis Castro. Lembrando que as demais duplas têm ao menos um veterano (Alison, Ágatha e, no caso da dupla Bruno e Evandro, os dois).

Reis ainda comentou sobre os próximos desafios do time Ana Patrícia e Rebecca. “Agora os nossos adversários serão duplas que jogam o Circuito Mundial e precisamos entrar com todo vapor. Gostei do jogo de hoje e já imaginava que seria assim como foi”, concluiu o comandante, Reis Castro.

Ana Patrícia e Rebecca voltam a competir na próxima terça-feira (27), quando terão a dupla Graudina e Kravcenoka, da Letônia, como adversária. A partida será às 23h, com transmissão ao vivo da TV Globo e do SporTV 3.

As outras três duplas do Brasil em Tóquio – Alison e Álvaro Filho; Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) e Ágatha e Duda (PR/SE) – também estrearam com vitória.

Taekwondo

Outro atleta que começou em Betim, Ícaro Miguel, no taekwondo, não passou para as quartas de final. Ele foi derrotado neste domingo (25) pelo italiano Alessio Simone, na categoria até 80kg.

Ele poderia disputar a repescagem, caso o adversário que o venceu chegasse às finais. Porém, Alessio perdeu para o egípcio Seif Eissa. Com o resultado, Ícaro está eliminado das Olimpíadas.

Ícaro Miguel (de vermelho) na disputa com o italiano Alessio Simone (azul). Foto: Gaspar Nóbrega/ COB.