Design gráfico que começou a carreira no Ramacrisna, em Betim, realiza exposição em São João del-Rei

662

Entre os dias 10 de outubro e 17 de novembro deste ano, o artista visual e designer gráfico, Henrique Oliveira, que começou a carreira no Instituto Ramacrisna, em Betim, expõe peças de cerâmica contemporânea no Centro Cultural da Universidade Federal de São João del-Rei – UFSJ – no Solar da Baronesa.

Com entrada gratuita, a exposição “Deserto Modelado – a resistência ressignificada”,  acontece simultaneamente à ADRO Galeria que vai até o próximo sábado, 12 de outubro e integra o FICC – Festival Internacional de Cultura Cerâmica.

A mostra é resultado de uma pesquisa realizada pelo artista sobre questões geográficas, históricas, ambientais e culturais em torno de Taos Pueblo, povoado situado no Novo México, dentro da perspectiva da resistência e do protagonismo indígena no contexto da formação dos Estados Unidos.

A paisagem natural dessa região, junto à cultura e história dos nativos e sua relação de conflito com os colonizadores europeus, receberam um olhar atento, em especial aos símbolos da resistência como plantas, arquitetura, costumes e fatos históricos, sendo assim, ressignificados em peças cerâmicas.

“São muitas as relações possíveis que se pode estabelecer entre os processos históricos e culturais vivenciados nos Estados Unidos e no Brasil, especialmente no que tange à necessidade de resistência cultural dos povos indígenas de lá e de cá, na nossa contemporaneidade”, afirma o artista.

Mais informações

Henrique Oliveira Artista Visual e Designer

(31) 99937-2665 |
henrique-oliveira@live.com
www.instagram.com/ateliecafeadois