Contra câncer de próstata, ações de conscientização ocorrerão neste mês de novembro, em Betim

15

Palestras informativas, blitze com distribuição de material educativo, atividades recreativas e orientações nas salas de espera das unidades de saúde são as atividades que a Prefeitura de Betim desenvolverá durante este mês em favor da Campanha Novembro Azul, que trata da prevenção e combate ao câncer de próstata.

Clique aqui e confira o cronograma de ações da Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a diretora operacional da Secretaria Municipal de Saúde, Tânia Rezende, as ações serão realizadas em pontos diversos da cidade, com foco no aumento da conscientização dos homens sobre a realização dos exames preventivos do câncer de próstata, como o toque retal e o PSA (antígeno prostático específico), principais meios para avaliar as alterações na próstata.

“A melhor forma de garantir a cura da doença é o diagnóstico precoce. Mas, muitas vezes, por desinformação ou preconceito, os homens resistem à ideia de fazer os exames. Por isso é tão importante desmistificar a doença e esclarecer sobre a importância da prevenção”, afirmou.

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil, ficando atrás, apenas, do câncer de pele não melanoma. Em 2018, o Inca estima que surgirão 68.220 novos casos da doença no país.

No Sistema Único de Saúde de Betim, de janeiro a setembro de 2018 foram registrados 82 novos casos – no período do ano anterior foram registrados 65 casos.

Prevenção

Mesmo com a ausência de sintomas, a partir dos 45 anos, os homens com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, podem procurar a UBS de sua referência para conversar com um médico sobre os exames de toque retal e de sangue PSA (antígeno prostático específico) que permitem avaliar as alterações na próstata.

Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Quando a doença é diagnosticada precocemente, as chances de sucesso no tratamento são muito maiores.

Além de realizar os exames regularmente, também é fundamental prevenir a doença por meio de hábitos saudáveis, o que inclui uma dieta balanceada, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, não fumar e praticar atividades físicas regularmente.

Dados do câncer de próstata em Betim

2018 (janeiro a setembro): 82
2017 (janeiro a setembro): 65
2017: 84
2016: 69

Fonte: Comissão Técnica de Alta Complexidade/Oncologia – Diretoria de Regulação, da Secretaria Municipal de Saúde de Betim. Casos confirmados de câncer de próstata no SUS em Betim

Deixe uma Resposta

Comente aqui
Por favor, escreve seu nome