Confusão em igreja de Betim envolve padre e grupo de oração

672

Um desentendimento entre fiéis e o padre Geovane Marques da Paróquia São Francisco de Assis, no bairro Angola, em Betim, gerou burburinho nas redes sociais.

O Grupo de Oração Jovens de Maria estava reunido, quando o pároco Geovane ligou reclamando do som alto. A responsável disse que iria abaixar o volume do som. O encontro estava sendo transmitido ao vivo pelo Facebook. O pároco chegou à igreja visivelmente alterado e deu-se início à confusão. O grupo, então, acionou a Polícia Militar.

Uma fiel que frequenta a igreja e prefere não ter o nome revelado afirma que o padre recebeu um telefonema reclamando que o som estava alto e resolveu ir até a igreja para verificar o que estava acontecendo. A fiel ainda afirma que não foi a primeira vez que houve reclamações referentes ao volume do som. “Eu não estava no encontro, mas minha família e eu vamos nos manifestar, pois a decisão de um grupo não é de toda a igreja. Eles deveriam resolver o caso dentro da sacristia, não deveriam expor e divulgar nas redes sociais. Atualmente o padre Geovane não está na liderança da igreja São Francisco”, revela.

A cristã Flávia que estava acompanhando o vídeo ao vivo do encontro, acha que a atitude traz desunião para a igreja. “Eu gostava do padre Geovane. Ele fez muito pela igreja. As missas dele enchiam. A última festa que teve foi muito bem organizada. Infelizmente aconteceu isso e ele foi afastado. Não sabia o que acontecia nos bastidores, mas havia boatos de que ele era autoritário e acredito que o pessoal que trabalha na igreja não o aceitou bem. Eles excluíram os vídeos ao vivo que foram gravados, eu estava vendo. Isso só faz desunir a igreja. Na minha opinião as duas partes erraram. Mas, achei a atitude do grupo muito feia”, afirma.

Nesta quarta-feira, a Arquidiocese de Belo Horizonte decidiu afastar o padre. “Em razão dos fatos ocorridos na Paróquia São Francisco de Assis, em Betim, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, convocou o padre Geovane Marques e, em medida disciplinar, o destituiu da função de pároco da referida Paróquia”, informou por meio de nota.

Informou, ainda, que o caso está sendo investigado. “A Ouvidoria da Arquidiocese de Belo Horizonte apura todos os fatos ocorridos na Paróquia. E até que seja nomeado novo pároco, o Arcebispo determinou que a Forania Nossa Senhora do Carmo seja a responsável por acompanhar pastoralmente a Paróquia São Francisco de Assis, oferecendo toda a assistência necessária aos fiéis”, finalizou.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Comente aqui
Por favor, escreve seu nome