domingo, 19/01/2020
Home Colunas Juliano Azevedo- Crônicas

Juliano Azevedo- Crônicas

Juliano Azevedo- Crônicas

UM DIA COMUM. OU NÃO!

Acordou cedo, fora do horário normal, pois um compromisso o esperava logo em seu dia de folga. Cinco da manhã, a cama o expulsou...

Caminhe com quem acredita em você

Na floresta, a lagarta caminha solitária buscando reconhecer seu propósito de vida. Com seus minúsculos pés vai chutando a areia seca querendo respostas de...

Desopilando o fígado

Por que tanto rancor no seu peito? Mágoas escondidas de um tempo que ficou no passado, que já foi superado pelo seu suposto algoz....

O QUE A FOME FAZ

A conversa era com amigos do trabalho, durante o horário de almoço. Estávamos com fome no feriado e o pedido do prato feito já...

Confissões Musicais

Sábado, manhã de frio, liguei o rádio da sala. Há muito tempo, o aparelho estava solitário, sem energia elétrica. Culpa dos compromissos do fim...

SER OU NÃO SER: SEM DILEMAS

Há dias que dá vontade de ser a lua em eclipse. Dar uma sumida por uns instantes. Fundamentalmente, algumas várias horas. Esconder, recolher, adormecer....

Ouvindo o Silêncio

Estamos falando demais. Conversas aleatórias, debates, comentários, opiniões, discussões. Assuntos em excesso! Mensagens, áudios, gritos. Papos cultos. Parlatórios de ideias sem sentido. Julgamentos sem...

Memória Televisiva: o Clubinho está no ar

Fecho os olhos para me lembrar de um tempo atrás. Daquela época em que tocava a minha música no rádio, e também na fita...

Salvem os Cajuzinhos

…muitos anos de vida! Viva! Começa a guerra. Tumulto. Empurra-empurra. Cotoveladas. Chute nas canelas. Agressões verbais, nos olhares enfurecidos, nas mãos frenéticas. De repente, quem nasceu...

REFLEXÕES PITAGÓRICAS

Você sabe o número do seu endereço; do tamanho do seu calçado; da data do seu nascimento; de tantas outras informações necessárias para sobreviver....