Betim vai ganhar 370 leitos para atender pacientes infectados pelo coronavírus

989
Foto: Roslan Rahman/ AFP.

Três centros serão criados gradativamente no município

Betim vai receber 370 leitos para tratar pacientes com Covid-19, doença provocada pelo coronavírus. Elas integram o Plano Geral de Assistência Hospitalar do município, apresentado ao Governo de Minas, na primeira quinzena de março, e já aprovado pela Secretaria de Estado de Saúde. O plano prevê, além da adição dos novos leitos, a criação de estrutura de triagem e recuperação de doentes.

De acordo com informações disponibilizadas pela prefeitura de Betim, a princípio serão 170 leitos de Unidade de Terapia Intensiva no Centro Materno-Infantil.

Já no antigo Clube da Fiat, no bairro Jardim Petrópolis, será criado um Centro de Diagnóstico com 120 leitos para diagnosticar pacientes que apresentarem os sintomas da coença.

Na sede da Associação de Proteção à Maternidade, Infância e Velhice (Apromiv), no bairro Ingá, outros 80 leitos serão criados para receber pacientes em recuperação pela doença.

Segundo a prefeitura, a instalação dessas unidades será gradual, de acordo com o número de pacientes e autorização do Estado.

Outras medidas

O município também irá comprar novos equipamentos e insumos, além de contratar mais profissionais de saúde para combater o novo coronavírus (Covid-19).