Betim prorroga Onda Roxa até 11 de abril, mas libera abertura de templos religiosos, com restrições

1276

Medida foi publicada em edição especial do Órgão Oficial do Município, nesta tarde

A prefeitura de Betim, estabeleceu nesta segunda-feira (5), a prorrogação até 11 de abril do decreto nº 42.602, que estabelece as regras da chamada Onda Roxa na cidade. A medida restringe o funcionamento de serviços não essenciais no município, além de outras exigências, para conter a disseminação do coronavírus.

Segundo informações divulgadas pela prefeitura, a decisão municipal foi tomada seguindo as normas determinadas na última quarta-feira (31/3), pelo Comitê Extraordinário Covid-19 – grupo que se reúne semanalmente para avaliar a evolução da pandemia em Minas. Depois de passar cerca de 30 dias na Onda Roxa do Minas Consciente, a maior parte do Estado, incluindo a região onde Betim está inserida, continuará na classificação mais restritiva.

Templos religiosos

Desta vez, o decreto autorizou a realização de reuniões em igrejas e templos de qualquer culto. No entanto, algumas regras deverão ser observadas: o limite de ocupação deverá ser de 25% de capacidade máxima de cada local, desde que sigam todas as normas de biossegurança estabelecidas pelo município.

Veja o decreto na íntegra clicando aqui.
*Estagiária sob a supervisão de Sara Lira.