10 dicas para o sucesso da sua empresa

83
Foto Pixabay

Toda e qualquer empresa tem função social, cabe aos empresários e administradores harmonizar as atividades, cumprir suas obrigações, atender os anseios da sociedade. Mas, contudo,  sem ignorar a sua principal finalidade: o lucro. A razão de qualquer empreendimento empresarial é o lucro, e isso não se discute.

Sabemos que a atividade empresarial no Brasil não é tarefa fácil, seja pela elevada carga tributária e o custo do dinheiro, pela falta de capital de giro, pelas burocracias, elevados juros, insegurança jurídica, frágil estrutura de transporte (estradas, ferrovias, portos e aeroportos), dentre outras. Por esses motivos é de suma importância que os empresários busquem qualificações gerir o seu negócio.

Elaboramos dez mandamentos empresariais que poderão ajudar você empresário na busca pelo lucro.

  1. Elabore um planejamento estratégico

Uma empresa bem planejada é garantia de sucesso! Então, para o ano calendário de 2018, acompanhado de uma consultoria, efetive um planejamento estratégico para sua empresa.

  1. Escolha a melhor forma de tributação

O início de cada ano-calendário é o momento oportuno para escolher o melhor regime de tributação para a sua empresa. A escolha certa quanto ao regime de tributação pode acarretar, em determinadas situações, uma economia de 5% a 10% do seu faturamento. No Brasil existem 3 regimes de tributação:

a) Lucro Real;

b) Lucro Presumido;

c) Simples Nacional.

  1. Organize sua empresa

Uma empresa bem organizada possui maiores chances de crescer no mercado. Assim, organize seus documentos da seguinte forma:

a) Contrato social e alterações contratuais;

b) Notas fiscais de entrada e de saída;

c) Conciliação bancária diária ou ao final de cada mês (toda saída de dinheiro do caixa, por menor que seja, deve possuir uma origem);

d) Certidões negativas municipal, estadual e federal;

e) Cópia de documentos dos sócios;

f) Contratos com terceiros (todo contrato firmado com terceiros – bancos, contratados, etc. – deve possuir uma cópia arquivada).

g) Organize a função de cada profissional de sua equipe: Sócios; Compras; Comercial; Operacional; Administrativo, etc.

 

  1. Gerência, crie metas para a sua equipe

Uma boa equipe deve ser gerenciada, cobrada e gratificada. Assim, crie metas, cobre-as e, se cumpridas, gratifique-as, assim você estará estimulando a sua equipe.

  1. Contrate bons prestadores de serviços

Uma empresa de sucesso deve estar sempre acompanhada por bons prestadores de serviços. Na atualidade, muito se fala sobre a terceirização de serviços, que, desde que não seja da atividade-fim da empresa, se mostra muito viável para as empresas.

Os principais terceirizados pelas empresas são os setores de contabilidade e jurídico. Uma boa contabilidade é aquela que mantém as obrigações acessórias em dia, entrega o balanço patrimonial todo final de ano-calendário, conserva os livros fiscais em ordem, mantém a empresa munida de certidões negativas municipal, estadual e federal e, por fim, responde às solicitações com eficiência.

Um bom jurídico empresarial é aquele que atua eficientemente, no mínimo, nas diversas áreas empresariais, tais como: societário, tributário, bancário, trabalhista e imobiliário. É aquele que responde à consulta com eficiência, traz alternativas viáveis e gera economias para a empresa.

  1. Refaça o fluxo financeiro da sua empresa

O sucesso de uma empresa está atrelado à existência de capital de giro que custeie o dia-a-dia empresarial, evitando, com isto, despesas desnecessárias, tais como juros e encargos.

Para conservar um fluxo de caixa sólido, com capital de giro capaz de manter os pagamentos em dia, a empresa deve estender o prazo para pagamento e adiantar o prazo para recebimento.

Assim, renegocie seus contratos, visando postergar os prazos para pagamentos e adiantar os prazos para recebimento.

  1. Diminua seus custos operacionais

A lucratividade da sua empresa é majorada a partir do momento que se reduz seus custos. Assim, para o ano-calendário de 2018, tome algumas atitudes que podem minorar seus custos e maximizar seus resultados. Seguem algumas sugestões para acarretar a minoração de custos:

a) Levantamento dos custos incorridos em 2017;

b) Revisão destes custos;

c) Renegociação de contratos com fornecedores;

d) Desenvolvimento de novos fornecedores, visando minorar o custo de matérias-primas;

e) A cada contratação tenha, no mínimo, 3 propostas em mãos para decidir.

  1. Recupere ativos perdidos

Não deixe que a inadimplência comprometa seu fluxo de caixa. Caso não consiga receber seus créditos, terceirize suas cobranças para um jurídico empresarial.

  1. Crie mecanismos de publicidade

A sua empresa pode ser viável, porém, para que ela seja conhecida no mercado, necessita de planejamento publicitário, que pode ocorrer de diversas maneiras. Assim, efetive um planejamento de marketing para a sua empresa, visando aumentar a visibilidade junto ao mercado.

  1. Conselhos para o empresário
  2. De acordo com os ensinamentos do filósofo americano Tom Morris, precisamos possuir:
  1. a) Uma clara percepção do que queremos;
  2. b) Uma forte confiança de que podemos atingir nossos objetivos;
  3. c) Uma concentração focada no que faremos;
  4. d) Uma consistência obstinada na procura do que almejamos;
  5. e) Um compromisso emocional com o que estamos fazendo;
  6. f) Um bom caráter para nos guiar e manter no trajeto;
  7. g) Uma capacidade de desfrutar do processo.

André Carneiro é consultor Empresarial, graduado em Direito, especialista em Direito Civil e Empresarial

Instagram: @consultorandrecarneiro